Recents in Beach

Polícia Civil e Militar recebem R$ 10 milhões em viaturas, coletes, pistolas e munições

 


Durante solenidade no Quartel do Comando Geral (QCG) nesta manhã de segunda-feira (07.02.22), a Polícia Civil e Militar do Piauí receberam investimentos de mais de R$ 10 milhões distribuídos em cinco viaturas, quatro mil coletes, mais de 400 mil munições e pistolas.

“Temos atuado em três vertentes: o aumento do efetivo policial, no qual fizemos, no último dia 30 de janeiro, concurso da Polícia Militar, com mais de mil vagas, além de mais de 200 policiais civis e penais terem sido chamados para o curso de formação, que acontecerá em março; a outra frente é a dos equipamentos, que estamos entregando mais viaturas, mais coletes, mais munições e armamentos para ter uma polícia equipada e estruturada; por último, um investimento em inteligência, no qual inauguramos, recentemente, no Quartel Geral da Polícia Militar, a Central de Videomonitoramento do Estado, que vai, cada vez mais, ampliar o número de câmeras para ajudar no combate à criminalidade”, disse, o secretário de Estado da Fazenda Rafael Fonteles.



Das cinco viaturas entregues, quatro serão destinadas a municípios do interior do Estado (José de Freitas, União, Guadalupe e Piripiri), sendo uma para cada município. Já a quinta será destinada para a Delegacia de Entorpecentes (Depre), em Teresina.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Rubens Pereira, explicou que as viaturas foram destinadas aos municípios que precisam de reforço, devido ao aumento dos indicadores de criminalidade, e os equipamentos auxiliarão nas operações que as polícias realizarão ainda este ano.




“Essas viaturas estão sendo destinadas para os municípios que precisam desses equipamentos, que são áreas que estamos dando uma atenção, em razão dos indicadores que aumentaram, principalmente em Piripiri. Além das operações que estamos fazendo nas regiões que apresentam maiores indicadores, estamos fortalecendo, por meio desses recursos do Fundo Estadual, mais equipamentos de proteção individual. Temos operações em vista e precisamos estar aparelhados para isso, além de atender o aumento de pessoal com o concurso público”, frisou o gestor.


Enviar um comentário

0 Comentários