Recents in Beach

Homem conhecido como "Chupa-Cabra" é morto no litoral; 9 casos em 7 dias

 


No litoral do Piauí, a Polícia Militar segue sem descanso. Por volta das 7h30 desta quinta-feira (16.12), um homem foi morto a tiros dentro de uma residência localizada nas imediações do Porto dos Tatus, rua Projetada 63, bairro Cal, cidade de Ilha Grande do Piauí, 353 quilômetros distante de Teresina. Este é o nono homicídio registrado em sete dias no litoral, região do 2º Batalhão da Polícia Militar.

A vítima foi identificada apenas como Carlos, mais conhecido como "Chupa-Cabra". O homem estava na porta de casa quando avistou os criminosos em uma motocicleta Bros e tentou se esconder dentro da residência, porém os bandidos entraram e o assassinaram em um cômodo, no qual funcionava ponto de venda de peixes.

Policiais do 2º BPM foram deslocados para preservar a cena do crime. Uma equipe foi acionada para remover o corpo para a sede do Instituto Médico Legal de Parnaíba. A Polícia Civil do Piauí vai investigar o homicídio.

CRIMINALIDADE

Desde a última sexta-feira (10.12), nove pessoas morreram assassinadas por disparos de arma de fogo no litoral, sendo oito em Parnaíba e uma em Ilha Grande. Todos os crimes foram divulgados no Portal RP50. Ao todo, são nove homicídios em apenas sete dias. 

Após cinco assassinatos somente no último final de semana, a Secretaria de Segurança Pública decidiu trocar o comando do 2º Batalhão de Polícia Militar de Parnaíba na segunda-feira (15.12). Além disso foi destacado efetivo com 60 policiais a mais para o município, contudo, nada disso parece ter sido suficiente para frear a criminalidade, pois desde que o tenente-coronel Erisvaldo Viana assumiu o posto, aconteceram quatro execuções.

Na noite da última terça-feira (14.12), guarnições policiais foram recebidas a bala no bairro São Vicente de Paula em Parnaíba e uma criança de oito anos foi baleada nas duas mãos. Ela foi encaminhada ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) pelos PMs e passa bem.

ÍNDICES

O município de Parnaíba está situado 337 quilômetros ao Norte de Teresina e somente este ano registrou 81 homicídios, enquanto em 2020 foram 30. Os dados representam um aumento de 158% na taxa de assassinatos no município.

Força Nacional

No dia 16 de setembro, o prefeito Mão Santa, emitiu documento solicitando a presença da Força Nacional ao município de Parnaíba, no que não foi atendido. Ele havia convocado em caráter de urgência uma reunião com os representantes das forças de segurança (Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Civil), o presidente da Câmara Municipal de Parnaíba, o procurador geral do município de Parnaíba e, secretários municipais, para discutir uma solução contra a crescente onda de violência e assassinatos na cidade.

É público que Parnaíba e o litoral piauiense vivem uma escalada da violência. Em julho deste ano, durante divulgação dos resultados da Operação Dionísio II, deflagrada pela Polícia Federal, representantes da instituição afirmaram em entrevista que "pelo menos 40 assassinatos na região foram motivados pela guerra entre as facções rivais Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC).

Em setembro, nossa equipe divulgou vídeo em que pelo menos oito bandidos armados e encapuzados fizeram um arrastão a diversos veículos na PI-116, bairro Ilha Grande de Santa Isabel, em Parnaíba. A filmagem mostra a quadrilha chegando a um posto de combustível, alguns dos criminosos vão para a pista e interceptam veículos que passavam pelo local, tomando celulares e outros pertences das vítimas.

Notícias Relacionadas:




EXCLUSIVO: áudios revelam doutrina de facção criminosa em presídio no Piauí

PF diz que guerra entre facções já causou pelo menos 40 assassinatos no litoral do Piauí

Vídeo mostra oito bandidos tocando o terror e assaltando carros em Parnaíba

Prefeito apela e pede apoio da Força Nacional para cidade do Piauí



Copyright © 2020/2021

Proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização, 

o que pode ocasionar processos legais. Todos os direitos reservados.


Enviar um comentário

0 Comentários