Recents in Beach

1º MÃO: perícia faz reconstituição de acidente envolvendo advogado Marcus Nogueira

 

À esquerda o advogado e à direita a vítima

Sob o comando do delegado, Luís Guilherme, a Polícia Civil do Piauí está realizando a reconstituição do acidente de trânsito envolvendo o advogado Marcus Nogueira. A encenação ocorre na noite desta segunda-feira (13.12), na rua Odilon Araújo, bairro Piçarra, zona Sul de Teresina, local que foi cenário do crime e teve os acessos fechados para a perícia de hoje.

 

Guarnições da Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal participam da reconstituição.

Veja no vídeo abaixo a movimentação na cena do acidente:

 

'Temos imagens e essas imagens vão ser utilizadas pelos peritos para poder tirar algumas dúvidas, entre elas, a velocidade média dos veículos envolvidos, a existência ou não de uma imprudência de ter invadido o sinal vermelho, na verdade, a dinâmica, aqui é só mais uma coleta de informações", disse o DPC em entrevista à equipe RP50.

Confira abaixo entrevista com o delegado Luís Guilherme:

 

Estão sendo utilizados dois carros iguais aos dos envolvidos no dia do acidente, uma SW4 e um carro modelo Siena.

 

Imagens da Reconstituição


O ACIDENTE

Por volta das 22h do dia 02 de dezembro de 2021, uma colisão no cruzamento das avenidas Odilon Araújo com Higino Cunha envolvendo uma SW4 e um Siena terminou com a morte de Raimundo Nonato Oliveira da Silva, de 53 anos. 

Sua neta, Laura Sofia Alves da Silva, de apenas nove meses, está internada desde então em estado grave no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde, inclusive, já passou por procedimento cirúrgico. No Siena também estavam as filhas de Raimundo, identificadas como Alice Alves de Oliveira, de 27 anos, e Aline Alves de Oliveira, 29 anos, que tiveram ferimentos mais leves que a bebê.

A LIBERDADE

O advogado Marcus Vinícius Nogueira ganhou liberdade menos de 24h após ser preso por envolvimento em acidente de trânsito que culminou na morte de Raimundo Nonato da Silva Oliveira, de 53 anos.

Para ganhar a liberdade, a juíza Patrícia Luz Cavalcante, da Central de Inquéritos, impôs pelo menos seis medidas ao advogado, como pagamento de fiança no valor de R$ 15 mil, uso de tornozeleira eletrônica, manter dados e contatos para intimações, permanecer longe das vítimas, permanecer em Teresina e proibição de acesso a locais de consumo de bebidas alcoólicas como bares e restaurantes.

Notícias relacionadas




Copyright © 2020/2021 - Proibida a reprodução deste conteúdo sem autorização, o que pode ocasionar processos legais. Todos os direitos reservados.

Enviar um comentário

0 Comentários