Recents in Beach

PM trava luta com bandidos, é baleado e tem arma roubada no Gurupi em Teresina

 


É, meus amigos, a vida não está fácil nem mesmo para um policial militar que trabalha na Guarda do Palácio de Karnak e faz a segurança do governador Wellington Dias.

Por volta das 7h15 desta sexta-feira (05.11), o cabo Marcos, lotado no Gabinete Militar, foi rendido por quatro bandidos e teve sua arma tomada de assalto no bairro Gurupi, zona Sudeste de Teresina. Ele chegou a ser baleado de raspão, mas está fora de perigo.

Vídeo enviado à redação do RP50 mostra que o PM estava em frente a uma residência limpando um veículo quando dois bandidos surgem em uma moto e anunciam o assalto. 

Os três entram em luta corporal e na sequência chegam mais dois criminosos. Nesse momento, o cabo já está caído no chão, um dos suspeitos tomou sua arma e todos fogem.

O policial permanece um tempo caído e depois se levanta e vai até um amigo que aparece no local. Uma nota sobre a ocorrência foi enviada à Imprensa, confira a abaixo.

Nota à imprensa 

Sobre ocorrência, no bairro Gurupi, envolvendo Policial Militar.

1. Um Policial Militar, foi abordado por quatro nacionais em duas motos, tendo a sua arma roubada e sido alvejado de raspão;

2. Ele já foi atendido e está em quadro de saúde estável;

3. As guarnições estão em diligências no sentido de dar a pronta resposta à referida ação.

Teresina, 05/11/2021

Tiago Ribeiro – Maj PM

Subdiretor de Comunicação PMPI






Enviar um comentário

1 Comentários

  1. Os policiais querem só ficar prendendo, enxugando gelo, enquanto o outro lado manda é bala, eu não sei o que é que policial tem na cabeça, os policiais tem que mandar os bandidos fazer uma visita sem volta ao satanás.... se eu fosse policial iria ser o maior matador de bandido da história, antes a vida de um bandido do que a minha..... Os policiais parece que passaram por uma lavagem cerebral que eles ficam esperando morrer, o prende solta, hoje pela manhã está preso e a noite está solto, os policiais tem que prender bandido de uma vez por todas no inferno.

    ResponderEliminar