Recents in Beach

Pela segunda vez, DHPP prende acusados de matar advogado em Teresina

 

Jeydson da Silva Vasconcelos e Romualdo Araújo da Silva foram presos por volta das 11h30 desta terça-feira (12.10) pelas equipes do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Eles são acusados de participar do assassinato do advogado Anísio Gomes da Silva Neto. Esta é a segunda vez que o DHPP prende os suspeitos em menos de seis meses.

Eles estavam presos por força da prisão temporária no inquérito que investigava o assassinato do advogado, ocorrido no dia 06 de maio de 2021, e foram liberados após os 30 dias da prisão. 

"Ocorre que havia no inquérito representação pela conversão da prisão temporária em preventiva e no dia 06/10/2021 foi determinado a conversão solicitada. Os suspeitos haviam sido liberados ontem (11/10/2021), no entanto após tomarem conhecimento da existência da prisão preventiva dos mesmos, os policiais da DHPP imediatamente recapturaram os suspeitos citados", esclarece o relatório do Departamento.

O CRIME

Na data do crime, a vítima estava no referido logradouro sentado num bar, quando quatro indivíduos o abordaram e falaram para o Advogado que este estava importunando uma menor de idade.

Consta que os suspeitos deferiram vários golpes na vítima, utilizando como ferramentas pau, pedra e ferro. Ressalta-se que não houve poder de reação por parte do advogado, pois foi surpreendido pelos criminosos, assim morreu em virtude da violência praticada pelos acusados.

O DEPARTAMENTO DE HOMICÍDIOS E PROTEÇÃO À PESSOA – DHPP disponibiliza o número 181 para denúncias anônimas.


Notícias relacionadas:

Advogado morto no bairro São Pedro é o sexto assassinato desta semana em Teresina

Presos dois acusados de matar advogado com pau e pedra no bairro São Pedro

Terceiro acusado de matar advogado com pau e pedra é preso no Maranhão

Enviar um comentário

0 Comentários