Recents in Beach

Cachorro caramelo morto é confundido com corpo e mobiliza imprensa em Teresina

 

Por volta das 17h30 desta terça-feira um "Xorrinho" mobilizou toda a imprensa. Isso porque uma guarnição do 5º BPM, durante rondas ostensivas pela zona Leste, resolveu fazer uma parada para necessidades fisiológicas em um matagal no bairro Nova Teresina. Nisso encontraram um colchão todo enrolado. Decidiram mexer e suspeitaram de ali haver um corpo humano.

Na sequência a Polícia Técnico Científica do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa juntamente com os removedores do Instituto Médico Legal e toda a imprensa teresinense se dirigiram até o local.

Vários canais de TV aberta fizeram chamadas ao vivo diretamente do local mostrando a suspeita de um corpo desovado naquela região. A perícia vai, a perícia vem e eis que constatam que não se tratava de um humano e sim de um animal morto, amarrado a um colchão e jogado no matagal.

Desvendado o mistério, cada jornalista voltou para assumir seu posto na redação, os removedores para o IML, os peritos para a sede do DHPP e a guarnição do 5º BPM segue em rondas ostensivas pela comunidade. Essa, com certeza, é uma pauta para nunca se esquecer.


Enviar um comentário

0 Comentários