Recents in Beach

Áudio mostra que suspeitos de arrombamentos monitoravam a polícia em Teresina

 

Divulgação/GAO  - Equipe de Investigação do GAO

Cinco suspeitos, incluindo uma mulher, de praticar furtos e arrombamentos a residências na zona Leste de Teresina foram presos nesta sexta-feira (27) e encaminhados à Central de Flagrantes por policiais do Grupo de Apoio Operacional (GAO), sob o comando do coordenador Joatan Gonçalves. Dos cinco, dois foram presos por receptação

Com as prisões, diversos produtos de furtos como televisores foram recuperados e os celulares dos suspeitos apreendidos. Em um dos aparelhos, o coordenador do GAO identificou áudio no qual é possível notar que a presença dos policiais nos bairros Primavera e Morro da Esperança era monitorada pelos criminosos.

"É nós quadrilha, bom dia, tamo junto, rapaz, é o seguinte, o de menor aí é cabueta, o de menor tem que sentar é o aço, fazer logo é dá um sumiço nele, tem que apoiar não, se tiver por aí, tá ligado, já bota é pra vazar, da minha parte é dessa forma, se eu chegar por aí numa quebrada e eu ver ele por aí, ele já sabe o que vai acontecer com ele", disse um dos suspeitos presos pelo GAO em áudio no WhatsApp.

De acordo com Joatan, o suspeito que fala no áudio estava irritado porque os outros presos iam se entregar. O grupo de WhatsApp que aparece no vídeo foi criado para que os bandidos fotografassem e filmassem carros descaracterizados que pudessem ser da polícia com o intuito de alertar e garantir fuga aos criminosos.

O coordenador do GAO disse ainda que todos os cinco se conhecem, porém que nem todos são os arrombadores, alguns deles passam "a fita" aos outros, alguns são receptadores e todos agem em conjunto.




Enviar um comentário

0 Comentários