Recents in Beach

Léo Grandão é baleado e companheira morre durante troca de tiros com a Polícia em Timon

 

Leonardo Danilo dos Santos, o Léo Grandão, foi baleado e preso nesta sexta-feira (02), no Povoado Campo Grande, BR 316, entre as cidades de Timon e Caxias no Estado do Maranhão. Sua companheira morreu baleada.

As informações levantadas dão conta de que seguiam Léo, a companheira, que não teve o nome revelado, e mais um casal do Maranhão para o Piauí em um carro Jeep Renegade. Eles teriam desobedecido uma ordem de parada da polícia, tendo início ali um acompanhamento tático, inclusive com intensa troca de tiros. 

Policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) solicitaram apoio operacional e então juntamente com equipes da Polícia Rodoviária Federal de Teresina, PRF de Caxias, guarnições do CORE-PI, BOPE-MA, ROCAM-MA, GOE-MA e NOE GMR-PI conseguiram prender Léo, uma mulher e abater outra.

Um homem identificado como Cristovam Rodrigues dos Santos, vulgo "Cristóvão", fugiu armado pelo mato. Foram apreendidos nesta ação dois uniformes completos da Polícia Militar do Maranhão, com cinto de guarnição.


Histórico

Léo Grandão é acusado pela Polícia Militar de assaltos a bancos, porte de arma e envolvimento com facções criminosas. Possui em seu histórico várias fugas de hospitais, delegacias e até presídios. Em 2013, ele fugiu da Casa de Custódia por um túnel que também deu fuga a mais 15 pessoas.

Sua  última prisão foi no dia 10 de junho na cidade de Barreirinhas-MA, mas ele foi colocado em liberdade com os saidões concedidos pela Justiça em razão da pandemia da Covid-19 e não retornou à Unidade Prisional de Ressocialização São Luís 4.

Enviar um comentário

0 Comentários