Recents in Beach

Acusado de matar sargento é preso em velório de jovem assassinado na Vila Irmã Dulce

Um suspeito identificado como Renato Patrick da Costa Oliveira foi preso por volta das 12h desta terça-feira (27/07/21), durante o velório de Alisson Mateus Ferreira, morto com um tiro na noite de ontem (26) no Morro dos Cegos, localidade da Vila Irmã Dulce na zona Sul de Teresina. 

A prisão foi realizada por policiais civis do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). O preso é suspeito de matar e roubar Tadeus Ferreira de Souza, 57 anos, sargento da Polícia Militar do Piauí. O latrocínio aconteceu no último 11 de maio de 2021.

O CRIME

Tadeus Ferreira de Souza, 57 anos, sargento da Polícia Militar do Piauí, foi assassinado com três disparos de arma de fogo por volta das 6h30 daquela terça-feira (11). O PM foi vítima de latrocínio quando retornava do trabalho e morreu na frente de sua própria residência situada na Rua Piripiri, bairro São Pedro. 

As informações dão conta de que uma dupla armada perseguiu o sargento e o assaltou levando a arma, a algema e uma mochila. O policial usava um colete à prova de balas no momento do crime, porém um dos tiros o atingiu justamente em local onde o colete não protegia.

Tadeus estava prestes a se aposentar. Ele estava lotado no Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE). Durante a ação criminosa, o policial teve sua arma de fogo levada. Após a prisão, o acusado Patrick foi levado para a sede do DHPP e na sequência para a Central de Flagrantes de Teresina para os procedimentos cabíveis.

GRUPO VIP REPÓRTER PONTO 50

Se você tem interesse em participar do Grupo VIP do Repórter Ponto 50 no WhatsAppreceber fotos e vídeos exclusivos diretamente das ocorrências, notícias em primeira mão em cima do lance, fale com nossa equipe pelas redes sociais. Pedimos uma contribuição mensal aos integrantes, pagamento via PIX, uma ajuda de custo de apenas 10 reais para os gastos da equipe, uma vez que somos um portal 100% independente, sem apoio ou patrocínio de nenhuma empresa, nem do Governo ou prefeitura. Ser independente nos dá autonomia e liberdade para o exercício da nossa profissão jornalística.

A republicação deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte. Todos os direitos reservados*.


Enviar um comentário

0 Comentários