Recents in Beach

Polícia Militar do Maranhão expulsa PM que matou policial na frente do filho em Teresina

 


Francisco Ribeiro dos Santos Filho, soldado da Polícia Militar do Maranhão, foi expulso da corporação, por meio de decreto assinado pelo secretário de Segurança Pública daquele estado, Jefferson Portela.

O soldado é acusado de matar com disparos de arma de fogo o cabo Samuel de Sousa Borges, da PM do Piauí, em fevereiro de 2019, nas imediações de uma escola na zona Leste de Teresina. O crime aconteceu após um desentendimento no trânsito. Francisco praticou o homicídio na frente do filho de Samuel.

O cabo foi assassinado com três tiros e chegou a filma parte da ação. O vídeo foi divulgado pela família há dois meses como forma de cobrar celeridade no processo. O acusado era lotado no 11º BPM de Timon, enquanto Samuel já havia trabalhado na vice-Governadoria do Piauí e em 2019, ano em que o crime ocorreu, estava na Cavalaria da PM.

Francisco é mantido preso em penitenciária militar, na capital do Maranhão e não foi a julgamento ainda. O ex-PM responde a mais três assassinatos.






Enviar um comentário

0 Comentários