Recents in Beach

Menor acusado de matar capitão Adonias é recapturado por policiais do 13º BPM após fugir do CEM

 

Um menor infrator, de 17 anos, conhecido apenas como 'Léo', foi recapturado por volta das 19h desta terça-feira (18), na região da grande Santa Maria da Codipi, extrema zona Norte de Teresina. Ele é um dos principais acusados do latrocínio que culminou na morte do capitão Adonias, da reserva remunerada da Polícia Militar do Piauí. 

O crime ocorreu na noite do último 24 de julho de 2020.

A prisão foi realizada por uma guarnição do 13º Batalhão de Polícia Militar, sob o comando da major Elizete. Léo já havia sido preso pelo crime, porém fugiu do Centro Educacional Masculino (CEM), situado no bairro Itaperu, zona Norte, em abril deste ano, com mais 40 internos.

Léo foi preso após os militares do 13º BPM receberem denúncias de diversos assaltos e arrastões naquela região. Assim iniciaram diligências e se depararam esta noite com o menor em posse de uma motocicleta, de cor vermelha, roubada há dois dias. A moto estava sendo usado para a práticas furtos e assaltos.

Recapturado, o jovem foi apresentado ao delegado de plantão da Central de Flagrantes e deve ser recambiado novamente ao CEM, onde ficará sob a tutela do Estado.


O CRIME

O PM chegava à sua  casa no Morro da Esperança, região do bairro Primavera, zona Norte de Teresina, quando três suspeitos o renderam na porta da residência, efetuaram pelo menos três disparos contra o Capitão e contra vizinhos que estavam na rua no momento do assalto. Em seguida os bandidos levaram a motocicleta do policial fugindo em destino ignorado.

Adonias ficou caído no chão e foi socorrido por populares. Ele foi encaminhado ao HUT pelo SAMU, tendo sido atingido pelos disparos na cabeça e no braço. O PM passou por cirurgia para retirada de um projétil que se alojou na cabeça, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu onze dias após o latrocínio.





Enviar um comentário

0 Comentários