Recents in Beach

Duas jovens de Teresina são mortas em Timon em possível retaliação envolvendo facções

 

Maria Eduarda Lira, de 17 anos, e Joyce Ellen, 15 anos, foram mortas em uma região de matagal no bairro Parque Aliança, em Timon na manhã deste domingo (21). As circunstâncias envolvendo os crimes ainda não foram esclarecidas. As duas jovens de Teresina foram vistas pela última vez na noite de ontem (20). 

Leia também: Delegado comenta morte de jovens encontradas em cova em Timon

Em fotos das quais o Repórter Ponto 50 teve acesso, as vítimas aparecem dentro de uma cova fazendo o número quatro com as mãos, numa provável referência à facção criminosa Bonde dos 40, o que sugere que elas podem ter sido retaliadas por possível envolvimento com o PCC (Primeiro Comando da Capital), cujo símbolo é o número três.

Um esforço entre Militares do Corpo de Bombeiros e da Polícia localizou a cova rasa já na tarde de hoje. As jovens foram encontradas com escoriações pelo corpo e foram removidas pelo Instituto Médico Legal (IML). Elas podem ter sido obrigadas a cavar a própria cova.



Clique AQUI e veja a live feita pelo Repórter Ponto 50 no local onde as jovens foram mortas

A seguir entrevista com o delegado Joelson Carvalho, de Timon:


Joyce Ellen, 15 anos, e Maria Eduarda Lira, de 17 anos

Enviar um comentário

9 Comentários

  1. Porra, se envolve com o crime, so da isso, q sirva de liçao pra outras.

    ResponderEliminar
  2. Se tivesse na igreja não teria acontecido isso!
    quem mandou andar cm bandidos, entrou no time não sai mais não.
    gosta de bandido, toma ae.

    ResponderEliminar
  3. Isso mostra como as moças de hoje não tem pingo de respeito por si mesma , não se valorizam muito triste pois poderiam ter escolhido outro caminho

    ResponderEliminar
  4. Só a família sofre com isso porque elas já se foram

    ResponderEliminar
  5. Meu Deus, eu estudava com a María Eduarda��������

    ResponderEliminar
  6. Que sirva de lição, Teresina está tomada de facções e nossos jovens estão se envolvendo com criminalidade, infelizmente não se aposentam, ou é preso ou são mortos. É isso aí quem quiser seguir esse mundo que sirva de exemplo que não tem volta.

    ResponderEliminar