Recents in Beach

Morre no HUT segundo preso da Cadeia Pública de Altos com suspeita de infecção



O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) confirmou a morte de Martoniel Costa Oliveira, de 21 anos, por intoxicação por volta das 23h de ontem (19). Ele era interno da Cadeia Pública de Altos (CPA) e deu entrada na unidade hospitalar na última sexta-feira (15).

É o segundo apenado da mesma unidade prisional a morrer em menos de seis dias no Piauí. O primeiro caso foi divulgado pelo #RepórterPonto50. Trata-se de homem identificado como Francisco Wellington, que veio a óbito com quadro de pneumonia, insuficiência renal e infecção grave.

No momento, sete reeducandos permanecem internados no HUT.

48 presos da CPA apresentaram sintomas de infecção, doze chegaram a ser internados, dois testaram positivo para leptospirose, um para hepatite e agora dois morreram.

Matéria publicada pelo #ReporterPonto50 na última terça-feira trazia laudo preliminar da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) apontando presença de urina de rato  e coliformes fecais na água consumida pelos internos. O  documento foi apresentado ao Ministério Público do Piauí no último dia 11 de maio em reunião por videoconferência com participação do secretário estadual de Justiça Carlos Edilson.

Martoniel deixa um filho pequeno. Ele morava com a família na Vila Firmino Filho, zona Sudeste de Teresina. Foi preso em outubro do ano passado acusado latrocínio. Era interno do pavilhão C, cela 25, enquanto Francisco Wellington era do pavilhão B, cela 8.


Enviar um comentário

0 Comentários