Recents in Beach

Após morte de detento, familiares pedem troca de diretor da Cadeia Pública de Altos durante protesto


Na manhã desta segunda-feira (18) cerca de 50 familiares protestaram em frente ao Palácio de Karnak, Centro de Teresina, por melhorias e condições dignas para os detentos da Cadeia Pública de Altos. As manifestantes também exigiam a troca do diretor da CPA.

O protesto foi organizado após a morte de Francisco Wellington, apenado que morreu na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) na última sexta-feira (15) com quadro de pneumonia e insuficiência renal.



Em cartazes e falas de ordem, esposas, irmãs e mães dos presos denunciaram torturas e maus tratos, além de dizer que comida estragada e água contaminada estão sendo servidos aos detentos.

Há mais de 10 dias, a Secretaria de Estado da Justiça informou que 48 presos apresentaram quadro de infecção, sete foram levados a hospitais para tratamento adequado, mas até o momento não foi divulgado o motivo das infecções.

NOTA - SEJUS

A Secretaria de Estado da Justiça do Piauí (Sejus) informa que instaurou procedimento para apurar junto à Corregedoria Geral do Estado as denúncias de atos de tortura ou maus tratos a que estariam sendo submetidos internos da Cadeia Pública de Altos, situações que vêm sendo levantadas por alguns advogados de detentos ou reclamadas por familiares de presos, lá encarcerados. A Sejus reitera, contudo, que tais práticas não são admitidas pela atual gestão do órgão, que preza pelo respeito à lei e ao resguardo dos direitos do preso. Nesta linha, o órgão necessita que tais denúncias, por serem graves e aludirem aos profissionais que trabalham diuturnamente no recinto, sejam formalizadas, a fim de que sejam investigadas.

Publicar um comentário

0 Comentários